Logo Brngala Verde

Criado pela professora Perla Mayo, em 1996, na Argentina, o MOVIMENTO BENGALA VERDE nasceu com o objetivo de conscientizar a sociedade sobre as dificuldades enfrentadas no dia a dia por pessoas com BAIXA VISÃO, como reconhecer rostos, ler placas de sinalização, letreiros de ônibus, ou mesmo caminhar com segurança e autonomia plena.

 

Existem várias causas que levam à Baixa Visão, dentre eles acidentes e diversos tipos de doenças, incluindo doenças degenerativas da retina. Infelizmente, os problemas da Baixa Visão não podem ser solucionados com o uso de óculos ou cirurgias.

 

A BENGALA é um instrumento de orientação e mobilidade, utilizado para auxiliar na locomoção de pessoas com deficiência visual. A cor VERDE, que remete à esperança, quer chamar a atenção sobre o Movimento, facilitando a identificação de pessoas com Baixa Visão.

 

Além da cor verde, outras cores auxiliam na identificação dos diferentes tipos de deficiências visuais, como é o caso da bengala branca e vermelha, para pessoas surdocegas, e a bengala branca, que identifica as pessoas cegas.

 

Há cerca de 6 milhões de brasileiros com baixa visão. Por aqui, o Movimento Bengala Verde existe desde 2014 e é liderado pelo Grupo Retina São Paulo.

 

Para uma pessoa com baixa visão, enxergar ou não enxergar depende de diversos fatores, como luminosidade do ambiente, ampliações ou obstáculos fora do seu campo visual.

 

É comum observar que pessoas com baixa visão, dependendo da situação e ambiente em que se encontram, podem necessitar ou não de auxílio. Por este motivo, torna-se difícil reconhecê-las em meio à multidão. E, quando por vezes utilizam a bengala branca, são equivocadamente percebidas como falsos cegos.